Acid Acid
Ricardo Remédio

16 Setembro 2017 · 21h30 · Museu da Música Mecânica

A partir do espólio do Museu, entre as campânulas dos fonógrafos, dos gramofones e grafonolas e outros instrumentos mecânicos pretende-se fazer o cruzamento entre as linguagens que caracterizam ambos os projetos e o os sons que se poderão extrair da utilização dos inúmeros instrumentos que são parte integrante da coleção do Museu. Será um concerto no que de mais experimental assume o seu significado, uma vez que corresponde à apresentação de ambos os projetos, o cruzamento entre estes e destes com o recurso à utilização de alguns dos instrumentos do Museu.
A entrada é livre, mas a reserva é necessária e dá acesso, antes do concerto, a visita ao museu (entre as 21:00 e as 21:30).

Criado em finais de 2014, Acid Acid é Tiago Castro, homem há muito ligado à música, do outro lado da galáxia, do lado de quem a comunica. Ao comando de sintetizadores, guitarras e pedais, revela-nos a sua faceta mais experimental e ambiental, sem perder o fascínio pelo psicadelismo ou apontamentos do rock progressivo. A sua música é construída paulatinamente, com cada camada a revelar um novo trilho num universo muito particular. A guitarra une-se aos sons espaciais dos órgãos. Das inevitáveis comparações às experiências pioneiras dos anos 70, do Krautrock, ouvem-se as inspirações de Tangerine Dream, Cluster ou Harmonia, referências aos momentos mais ambientais de Brian Eno ou Pink Floyd, tudo isto filtrado por um mantra psicadélico de identidade muito vincada.

Amplamente conhecido como membro fundador de LÖBO, Ricardo Remédio fez nascer a solo RA no qual surgiu “Rancor”, EP lançado pela Lovers & Lollypops. Nomes como JK FLESH, Daniel O’Sullivan, Necro Deathmort e Blac Koyote, foram responsáveis pelas quatro remixes, lançadas em 2014, complementando e reinterpretando cada faixa. Mais tarde decide arriscar na produção musical como figura homónima, através de “Natureza Morta”. Ricardo Remédio contou com a participação de Daniel O’Sullivan na produção e James Plotkin na masterização.
Ricardo Remédio tem vindo a percorrer um caminho a solo, tendo participado em festivais como Jameson Urban Routes, Milhões de Festa, Amplifest e Mucho Flow. À semelhança dos últimos concertos, Ricardo Remédio far-se-á acompanhar, na bateria, por João Vairinhos.

Entrada Livre
Reservas obrigatórias 212 381 083 | 960 080 044 | Mail
Evento Facebook
Cartaz Ricardo Remédio

>