Folclore Impressionista + convidados
Jejuno

15 Janeiro 2017 ⋅ 17h00 ⋅ SMUP

Autoria: Mariana Martins de Oliveira

Folclore Impressionista é um projecto que explora um universo muito próprio, reflectindo sobre o que é a portugalidade. Parte da conjugação sonora de vários sintetizadores e cruza-os com a imagética particular das tradições populares portugueses e do universo cinematográfico. Em concerto as imagens são trabalhadas no momento pelo artista visual António Caramelo. A eles junta-se Diana Combo na bateria, depois de a termos visto a colaborar recentemente com Simon Crab, Helena Espvall, exímia violoncelista, possuidora de extenso currículo de colaborações tanto a nível nacional como internacional, Luís Vicente no trompete, tendo já tocado entre outros com Carlos Zingaro, Wilbert De Joode, Akira Sakata, Johannes Bauer, Oori Shalev, Jorrit Dijkstra, Kaido Yutaka, Giovanni Di Domenico, Nuno Rebelo entre tantos outros, e por fim Nuno Afonso, que abandona, momentaneamente, os seus projectos Falésia e Puma, para abraçar a manipulação sonora. Folclore Impressionista, numa versão alargada, que acentua o seu caractér mais experimental e dando largas à sua vontade e curiosidade em expandir os seus universos sonoros.

Jejuno Visitando a sua página de Facebook deparamo-nos com um ilustrativo – “Faz sons”. Uma simplicidade desarmante que tão bem caracteriza o trabalho de Sara Rafael, ao qual podemos acrescentar sem sombra de exagero “e brilhantemente”. É como enorme prazer que acolhemos novamente um concerto de Jejuno, depois do quase seminal concerto n’ O Salão, em Dezembro de 2015.

António Caramelo | Projecções | Descrever o seu currículo como artista plástico seria exercício fastidioso. Uma larga carreira feita na margem, na procura incessante pela desconstrução de cânones artísticos estabelecidos e tidos como consensuais. Uma ironia permanente que obriga a um questionamento constante. Surpresa, enquanto aversão ao óbvio, ou simplesmente nada, conceito que lhe é tão familiar, é o que podemos esperar das suas projecções.

Bruno Silva | Projecções | Mais conhecido como Ondness, seria de uma extrema injustiça limitar o trabalho de Bruno Silva simplesmente ao campo musical. A sua área de trabalho e preocupações são bem mais vastas do que isso, pelo que foi extremamente natural endereçar-lhe o convite e dar-lhe carta branca para projectar um conjunto de imagens. O que esperar? Nem nós sabemos.

Evento Facebook

Morada SMUP : Rua Marquês de Pombal 319, 2775-265 Parede
Transportes c_Parede
Coordenadas 38°41’21.9″N, 9°21’25.99″ W

>