Renick Bell
Violeta Azevedo

20 Junho 2018 · 23h00 · DAMAS

Renick Bell, músico radicado em Tóquio, improvisador de excelência tendo por base sons gerador por algoritmos. Percussão e noise em doses alucinantes geradas através de live coding com software open source, algum do qual desenvolvido pelo próprio Renick, que o designou por Conductive.
Acabou de editar o seu mais recente trabalho Wary pela Halcyon Veil e o EP Empty Lake, em 2016, pela editora de Lee Gamble, UIQ. A sua música corresponde a um exercício de investigação e prática sobre programar software.
Simultaneamente, desenvolve uma carreira bastante profícua enquanto investigador universitário, tendo já apresentado diversos trabalhos de investigação sobre as relações que se estabelecem entre live coding, música electrónica e arte.

Violeta Azevedo utiliza a flauta transversal como instrumento principal, criador de mundos de surrealismo sonoro. O som é esmagado por processos electrónicos no limiar do seu propósito, a monofonia da flauta desaparece, a tessitura expande para além do imaginável. Os timbres e paisagens são cheios, orgânicos, vivem lá criaturas.

Entrada Livre
Evento Facebook

Morada DAMAS : Rua da Voz do Operário, 60, Lisboa (Graça)
Transportes a_734 \ e_28
Cartaz Mariana Martins de Oliveira

>