Clothilde
Astronauta Desaparecido

30 Novembro 2018 ⋅ 22h00 ⋅ SMUP

Autoria: Vera Marmelo

Clothilde, projecto a solo de Sofia Mestre que se deu a conhecer com “Birdwatching”, tema que integrou o primeiro volume da compilação que a Labareda editou em 2016, inteiramente focada no feminino. Em Maio deste ano lançou o seu primeiro album “Twitcher” em formato tape e digital também pela Labareda. Recorre ao uso de maquinaria caseira, construída de raiz por HOBO através da qual emerge em excursões improvisadas na busca de texturas, ritmos e melodias sem ponto de chegada definido. É na natureza bruta das máquinas que se encontra e nos estímulos que elas lhe sugerem.

«Este astronauta desaparecido no dark side do cosmos reaparece para ensurdecer, tinitar, abalar os ouvidos dos mais incautos que o pensavam morto. Está pronto para provocar as maiores space otites deste milénio… Como descrever esta música, esta amálgama lo-fi sonora toda quitada e furtada com a ajuda de máquinas amigas do astronauta? Laivos de industrial, noise, improv, punk, metal, clássica, tudo bastante mixado para nos fazer questionar de que planeta virá este aventureiro que consegue transformar os terráqueos sons desta maneira. Talvez tenha encontrado a spice melange de “Dune” e ao ouvirmos o seu som ganhemos the ability to fold space, that is travel to any part of the universe without movin. O projecto dos irmãos Rui Eduardo Paes e Carlos Paes faz também lembrar isto: “Nem esta capa sombria, nem as vestes costumeiras de solene cor negra, os tempestuosos suspiros arrancados do imo peito, as torrentes fecundas que me descem dos olhos, o semblante acabrunhado, nem todas as demais modalidades da mágoa poderão nunca, em verdade, definir-me. Parecem, tão-somente, pois são gestos de fácil fingimento. Mas há algo dentro em mim que não parece“ – Hamlet, William Shakespeare.» –
Texto de Maria Do Mar De Brito Lopes

Evento Facebook

Morada SMUP : Rua Marquês de Pombal 319, 2775-265 Parede
Transportes c_Parede
Coordenadas 38°41’21.9″N, 9°21’25.99″ W